Como Funciona o Novo Ensino Médio?


 

O ensino médio está passando por grandes mudanças. Com as reformas que estão acontecendo no país, o ensino será diferenciado. Novas regras, nova metodologia e mais liberdade para a formação dos alunos. Descubra nesse artigo como funciona o Novo Ensino Médio. Falaremos de todas as alterações.

Reforma do Ensino Médio

Sobre a mudança no Ensino Médio

Faz algum tempo que a população brasileira pede por mudanças na forma de ensino das escolas, principalmente no ensino médio. Todos os anos são aplicadas provas diagnósticas para a avaliação do aprendizado dos alunos. Infelizmente, os resultados não são bons.

Para entender como funciona o Novo Ensino Médio é preciso compreender como era antes. Tradicionalmente, os alunos terminam o ciclo fundamental (que vem logo depois do jardim de infância) e seguem para o ensino médio. São três anos estudando as principais matérias, como matemática, português, química e física.

O número de matérias é grande, mas os alunos estudam em apenas um turno. São cerca de quatro horas por dia. Um dos problemas desse modelo é a inflexibilidade. Todos os alunos estão obrigados a seguir a mesma grade de matérias.

Se você já fez o ensino médio, sabe que não é possível escolher entre as matérias. Todas são obrigatórias e é preciso tirar mais de 60 pontos para ser aprovado de um ano para o outro. Vamos falar agora do novo modelo, para que você compreenda como funciona o Novo Ensino Médio.

Novo Ensino Médio: principais mudanças

O Novo Ensino Médio revoluciona a educação brasileira, ao romper com as regras que antes existiam. Agora, uma série de mudanças serão implantadas nas escolas, tanto nas públicas quanto nas particulares. Vão ser duas grandes transformações, uma com relação ao tempo de estudo, outra com relação às matérias.

Para ficar claro como funciona o Novo Ensino Médio, imagine uma pessoa que estuda pela manhã, no ensino médio tradicional. Ela segue todas as disciplinas por igual e estuda apenas as matérias comuns, como português, matemática e geografia.

Agora imagine que essa pessoa possa escolher qual área de conhecimento deseja focar. Isso não significa que ela poderá escolher por não fazer nenhuma matéria de matemática, por não gostar dessa área. Mas sim que poderá fazer menos horas/aula de matemática para se dedicar com mais foco na parte das ciências humanas.

Essa é a primeira grande mudança do Novo Ensino Médio. Agora os alunos terão a possibilidade de construir uma grade curricular personalizada, com base nos seus interesses específicos. Isso garante mais possibilidades de ensino e aprendizado.

Mas as mudanças no Novo Ensino Médio não param por aí. O novo modelo, além de mais flexível, vai dar uma possibilidade para os alunos que querem se profissionalizar. O que antes só estava disponível nos institutos federais e nas escolas especializadas, estará disponível em toda rede de ensino.

Formação Técnica e Profissional do Novo Ensino Médio

Para entender como funciona o Novo Ensino Médio com relação a essa mudança é muito simples. Lembra do nosso exemplo de uma pessoa que faz o ensino médio e que agora pode escolher qual área focar?

Ao invés de escolher uma área como ciências humanas ou ciências da natureza, será possível escolher a formação técnica e profissional. Trata-se da possibilidade de fazer o ensino médio de forma conjunta com o técnico profissional. Não é uma obrigação, apenas uma alternativa colocada à disposição.

E com um grande diferencial. O curso técnico e profissional não será separado da grade do ensino médio. Ou seja, é como se fosse a mesma coisa, uma mesma formação. Basta que o aluno cumpra todos os créditos, das matérias do ensino médio e do curso técnico, para receber seu diploma.

Essas mudanças, no entanto, não têm aplicação imediata. Espera-se que o programa seja implementado a partir de 2019. Existe ainda o período de transição, que é aquele de mudança, uma vez que não é possível transformar todas as escolas de uma só vez.

O governo deverá estudar medidas para viabilizar o projeto, uma vez que se tornou lei. Novos professores, salas de aulas mais flexíveis e uma mudança de mentalidade dos gestores educacionais será importante. Mas desde já é preciso que todos saibam e entendam como funciona o Novo Ensino Médio.

Quando implementadas, as mudanças do Novo Ensino Médio serão válidas para escolas públicas e particulares. Os alunos poderão optar pela área de interesse e focar os estudos.

O aluno que quiser focar em mais de uma, poderá, desde que cumpra os créditos – podendo levar mais de três anos para concluir a formação. Gostou das mudanças? Especialistas ainda não sabem o impacto das alterações.

Leave a Reply